Publicidade$hide=404$show=mobile

$show=404

Veja o quê que o viagra provocou em um emigrante Caboverdiano reformado...

Conto que retrata a morte de um ex-emigrante caboverdiano, que viveu a maior parte da sua vida em Portugal e França

As perguntas do Menino Geraldino.
O senhor Pirex ainda estava a recuperar da sua perda. A morte da esposa, que se deu a enterrar a menos de dois meses, a morte as vezes apresenta-se como um novo recomeço ou o fim de uma longa história, como o casamento do pirex e da dona Cumercinda que durou 45 anos, na casa só restou os netos e a empregada que era uma jovem mulher e não perdia nem um dia de ginástica, cada curvatura de traseiro que ela fazia pensava como ia arrebentar com os desejos dos reformados, cada vez mais ela é um fenómeno corporal. Na casa habitava, também, o cão que tinha mais intimidade com o Geraldino.

O casarão já tinha sido concluído a sua construção a menos de dez anos, é uma casa de duzentos metros quadrados, que deveria ter divisões mais consoláveis e vastas, encurtaram o espaço dos quartos e das salas e mantiveram só para manterem o vício dos imigrantes de que ter muitos quartos na casa dividida de forma pequenininha dando a ideia de que ali vive mosquitos, era sinal de terem sido um grande imigrante sobretudo trabalhador, mandou muita coisa para terra, e uma das coisas sagradas é a construção de uma humilde casa, mesmo tendo passado frio, chuva e calor na terra estrangeira, a casa verdadeira onde se sente livre é na nossa terra. 

Todas as manhãs a família inteira se reunia para tomar o pequeno-almoço, juntos, o senhor Pirex sentava na cabeça da mesa, a empregada de pé sempre a servi-los, e os netos, dois rapazes e duas meninas, compunham a mesa de refeição tanto no pequeno-almoço e noutras refeições do dia, o Geraldino é o neto mais novo de sete anos, uma criança apessoada com as novas tecnologias e muito amigo do seu cão, e esta sempre na internet procurando coisas, uma delas era descobrir o significado de uma das palavras que o medico disse que esteve relacionado com a morte do irmão do seu avô Pirex que tinha morrido há mais de um ano com oitenta anos.

O mal das crianças é que já nascem pensando que sabem tudo, basta entrar no Google que ali paralisa todo o desejo e a fantasia de aprenderem por si mesmo. A palavra que o Geraldino estava a procurar ali estava muito bem definida, o problema era o nível de linguagem que a mesma se encontrava redigida e definida, não entendia nada o Geraldino, mas ali insistia religiosamente, ele queria surpreender o seu avô, com a palavra e a acepção. Mas o avô já estava um pouco aborrecido com o café que estava a esfriar na mesa, e as outras crianças estavam a terminar o pequeno-almoço.

-Geraldino, larga isso e termine o seu pequeno-almoço.
-espera um minutinho, que já acabo, disse o Geraldino com uma atenção diabólica a frente do Tablet.
-agora Geral. Com cara muito seria encolerizou Pirex. Termine o pequeno-almoço e depois volta a usar aquela coisa. Assim fez o Geral, pegando no seu copo frio de café, um pedaço de pão com queijo.
-avô poço lhe fazer uma pergunta?
-depois do pequeno-almoço Geraldino, já avisei para não fazeres as tuas perguntas no pequeno-almoço, deixa disso, ó criança curiosa, respondeu Pirex mais calmo desta vez.
Geral ficou olhando fixamente nos olhos do Pirex, e levantou o dedo indicador, apontando que é só uma pergunta e mas nada.
-depois de terminar o pequeno-almoço, podes me perguntar.
-viva, disse o Geral.

Pirex naquela idade parecia não aguentar a responsabilidade de tomar conta dos netos, momento que ele escolheu para morrer na sua terra, depois de cinquenta anos de trabalho duro nas obras em Portugal e na França, sempre trabalhou para ter uma vida condigna na sua terra e viver bem com a sua reforma, mas, muitas vezes o trabalho duro nos países dos outros nos tira a dignidade, reclamava baixinho de vez em quando o Pirex, não deixava os netos ouvirem e nem a esposa quando estava viva, é que o orgulho e a gratidão ao país que o acolheu não o deixava aumentar a voz, muito menos a possibilidade de ter feito uma péssima escolha quando emigrou ainda jovem perdendo toda a sua juventude trabalhando na terra dos outros, para hoje, viver com joelhos arruinados, coluna luxada e uma vida inteira pensando que ser imigrante era uma cargo e não uma orientação que a vida dá aos homens e principalmente os homens dessas ilhas de olhos secos. Eu conheço todas as medidas da dignidade de um homem, dizia isso repetidamente aos netos. Só quem trabalhou com um bixeiro sabe disso, resmungava pela casa sozinho o Pirex. – Trabalhar com um bixeiro é uma experiencia cabal de que a humanidade se perde, mas também se renova. Continuou pirex resmungão.

Ai é que a dignidade de um homem só não desvanece por sermos um povo arquitectado contra todas as adversidades. O cabo-verdiano. Se nos colocarem em marte dominaremos, se nos colocarem no Céu ficaremos amigo do dono sem nunca pedir perdão, mas saberemos mudar o curso das águas das chuvas para a nossa terra para que nunca mais haja imigração, seca e estiagem. Negaremos que nos retirem a bazofaria e um fumo de maconha no final da tarde.

Pirex voava nos seus pensamentos, olhando nos olhos dos seus netos, sentindo a obrigação de atribui-los a oportunidade de serem livres e com um futuro garantido, tinha uma boa reforma, estava sozinho e necessitava de conquistar novamente o que restava da sua família.

Geral é o neto mais inconformado, sobretudo muito curioso, estava sempre a perguntar e a inquirir, mas, a inquirição do momento era saber o significado daquela palavra.

-avô agora que já terminei, poderas-me dizer o significado de forma mais simples da palavra, é que aqui na net está difícil de entender.

-vá la diga.

-avô é que aqui diz que a maioria dos reformados e idosos principalmente homens morrem de ataque cardíaco devido ao elevado uso deste fármaco, e como o senhor pela idade que aparenta ter parece ser um dos prováveis usuários da coisa mencionada, queria só perguntar o significado da palavra, tendo em conta que o médico disse que o meu tio-avô morreu devido ao uso constante e exagerado daquilo.

Pirex esta longe e nem imaginar até onde iria a curiosidade do pequeno Geral.

-pois já te disse para perguntar.

-então, vai la, disse o Geral. Avô o que é Citrato de sildenafila?

Segundos depois de a palavra ter saído da boca do pequeno rapaz, Pirex grunhiu a cara dando a exacta ideia de que espantou com a pergunta, deslizou a mão na cabeça levantou, passou a mão na cabeça de cada um dos netos e andou em direcção à sala, e os netos o seguiu. A empregada recarregou na pergunta dizendo ao velho se não vai responder.

Depois da morte da mulher nos primeiros dias sem a presença da esposa Pirex não tinha amanhecido algumas vezes na sua cama, e a empregada algumas vezes tinha atrasado na composição do pequeno-almoço.

Depois da pergunta constrangedora da empregada, Pirex sentou-se no sofá colocou a mão na cara inspirou e expirou, tudo isso a procura da melhor forma de responder a pergunta de forma fácil. Mas o netinho simplificou a pergunta.

-avô, como já tenho a definição da palavra, então me diga quais são os desfechos que esse fármaco pode trazer para um homem? A pergunta pegou em cheio o Pirex que estava decidido em ajudar os netos a serem homens, na sala só ficou a empregada o neto e Pirex, a empregada se metia em tudo depois da morte da mulher até na fila para receber a reforma do Pirex ela providenciava, Inventava balbúrdias com outros familiares do Pirex com intuito de afasta-los da casa do homem. Faltava pouco para tomar o trono da extinta esposa do velho Pirex, até o pénis que estava morto na esquina do Pirex já despertou algumas vezes depois de os netos se terem recolhidos para os seus aposentos.

Pirex esta ciente de tudo, tanto ciente daquilo que a pergunta do rapaz o fez pensar, aliás repensar o seu comportamento em relação a defunta mulher que ele acabara de enterrar e trair, alias não se trai um morto, já que a morto não morre e não vive.

-meu neto, o verdadeiro sentido do Citrato de sildenafila se reside na obtenção do enervamento dos órgão sexual e o recrudescer de desejo no caso de pessoas da minha idade, ou seja é o ressuscitar de um morto, e na maioria dos casos esse arranjo atrai outros perigos, por exemplo atrai aproveitadoras da meia-noite que vem perturbando o sono de um velho como eu com o seu corpo venenosa e transpirada de suores e de temperos de cozinha, Pirex dizia olhando para a empregada. E perguntou.

-você queria me matar! Em três noites me deu dois desse fármaco quando fui ter consigo. A empregada ficou calada olhando nos olhos do velho Pirex e a raiva subia nos olhos do velho e cada vez que aproximava da empregada, mais fria e parada ela ficava a frente do homem, Pirex tremia e os dedos da mão já estavam travadas, o neto saiu a correr para o quarto procurando a ajuda dos outros irmãos, e a empregada manteve ali, fria olhando o homem a dar o ultimo folgo, retirou tudo o que havia no bolço do homem e meteu na sua sutiã, e Geral estava chamando os irmãos.

-Joana, António e Juma, venham para a sala o avô está a passar mal. Da distância do quarto para a sala foi suficiente para encontrarem Pirex friamente morto nas mãos da empregada que tantas vezes fizeram os corpos se morrerem na noite, agora o matou na sua mão com olhares frio e trôpego.

- Amor, noite, corpos dos anciões, poções de viagras é um convite para a morte. Disse a empregada esforçando um pezinho de lagrima no canto mais escondido do olho. Chegou os netos na sala observando o avô e o Geral chorando, mas, por não ter recebido a resposta cabal da pergunto que ele tinha feito ao avô acabado de falecer.

-é viagra. Disse a empregada ao Geral.- Viagra quando é ingerido de forma exagerada provoca ataque como o do seu avô-tio e o seu avô, e ele nesses últimos dias me comeu com muita viagra. Calado ficou o neto, e o cão começou a latir, latir. Latir.

Mario Loff

COMMENTS

Inscreve na nos youtube

Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Nome

Abraão Vicente,29,Africa,1,album,42,AlexEvora,12,anedotas,4,Anilton Levy,36,Arte,5,artistasCV,18,Basket,14,batuku,25,Beleza,20,Beto Dias,21,Beto Duarte,11,BigZ Patronato,23,Biografia,89,Blacka,11,BossAC,1,Breve,12,c.james,6,carros,3,casa do lider,65,Cesaria Evora,8,Cesf,19,comedia,109,contos,47,CRASDT,7,Cultiva,8,curiosidade,130,CV,1,CVMA,21,CvTep,9,dança,13,Danilson Pires,9,DenisGraças,3,Desporto,170,Detroit Kabuverdiano,8,Dicas,52,Dicla,19,djodje,48,Djy Indiferente,18,documentário,2,Du Marthaz,6,Dynamo,12,Elida Almeida,32,Elji Beatskilla,9,emprego,1,Entrevista,44,Erros nos manuais,7,EtelLopes,16,Evento,201,Expavi,6,FattúDjakité,7,FerroGaita,3,Fidjos Di Belo Freire,5,Fofoca,167,Fugi Regra,15,Funana,207,Futebol,91,Ga daLomba,6,garry,17,Gaucho do Bem,28,Ghetto Stars,5,Gil Semedo,11,Grace evora,6,Gracelino Barbosa,7,Gylito,5,Heavy H,5,Helio Batalha,39,Hilário Silva,12,Hip Hop,473,info,2,internacional,115,Isah,13,IvanAlmeida,2,Ja Diva,10,Jailson,1,JamesTC,5,Jay,19,JCF,12,Jéssica Pellegrini,6,Jm Caps,3,JoaoBranco,3,JuntosMusica,12,Kaka D'Lidia,10,Keyla,18,kizomba,227,KMA,7,KomikusTarrafal,10,lejemea,30,LeoPereira,13,letras,27,LippeMonteiro,9,Lisandro,10,Lista10,6,Loony Johnson,14,LoretaKBA,18,Lura,13,Maicam Monteiro,17,Mario Loff,44,Mario Lucio,11,Marito,7,MayraAndrade,5,MBS,3,Mentis Kriolu,4,Miguel Andrade,25,Miss,10,Mister MC,5,MituMonteiro,2,moda,85,MonteTxota,32,musica,351,ne jah,16,NelsonFreitas,15,Neuza,2,opinião,1029,OsmarBrito,1,pentiados,5,Poema,98,policia,6,Politica,217,Populares da Semana,2,Princezito,7,Projota,9,Promo,53,Quemé,3,r100j,14,Radio,1,Rahiz,24,Ravidson,4,Receitas,12,Ricky Boy,16,Ritchaz,7,RomeudiLurdes,6,Rui,30,S.O.S,3,Sandrine,4,saude,50,SCV,15,Sem Truques,7,ShadeB,9,sociedade,629,solidariedade,33,sondagem,2,Surf,5,TACV,32,Tarrafal,192,Teatro,5,Tec,8,Thairo Kosta,9,Tikai,21,Tinho Star,10,TitoParis,1,Tixa,5,Tony di Frank,14,TonyFika,18,ToSemedo,7,turismo,4,Ultimas gotas,9,VanessaFurtado,9,VannyReis,1,video,1522,Viral VDM,12,WillSemedo,18,Za Preta,7,Ze Badiu,11,ze espanhol,33,Zé Spritu Guerrero,2,Zubikilla,3,
ltr
item
Dexam Sabi Cabo Verde: Veja o quê que o viagra provocou em um emigrante Caboverdiano reformado...
Veja o quê que o viagra provocou em um emigrante Caboverdiano reformado...
Conto que retrata a morte de um ex-emigrante caboverdiano, que viveu a maior parte da sua vida em Portugal e França
https://2.bp.blogspot.com/-2R5AXrK346U/V9gD5W8ZnBI/AAAAAAAANhs/aLoXDSvwZE47N3o8o2TXPhF7lyCV2tvMQCLcB/s640/limiar-da-eternidade.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-2R5AXrK346U/V9gD5W8ZnBI/AAAAAAAANhs/aLoXDSvwZE47N3o8o2TXPhF7lyCV2tvMQCLcB/s72-c/limiar-da-eternidade.jpg
Dexam Sabi Cabo Verde
http://www.dexamsabi.com/2016/09/as-perguntas-do-menino-geraldino.html
http://www.dexamsabi.com/
http://www.dexamsabi.com/
http://www.dexamsabi.com/2016/09/as-perguntas-do-menino-geraldino.html
true
777634241572887542
UTF-8
Loaded All Posts Not found any posts VIEW ALL Readmore Reply Cancel reply Delete By Home PAGES POSTS View All RECOMMENDED FOR YOU LAB ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy